VÁLVULA BORBOLETA COM VEDAÇÃO INFLÁVEL: PHARMALITE

VÁLVULA BORBOLETA COM VEDAÇÃO INFLÁVEL: PHARMALITE

A pesquisa por componentes que atendam aos padrões de qualidade cada vez mais elevados nos leva a projetar produtos que satisfaçam as necessidades crescentes das indústrias farmacêutica e alimentícia, às vezes, antecipando as demandas do mercado.
 
A válvula borboleta Pharmalite é uma evolução da válvula borboleta tradicional e, como tal, é projetada para interceptar o fluxo de pós, grânulos e pellets.
Se compõe apenas de dois flanges de aço inoxidável EN 1.4404, um disco e uma de vedação inflável conforme a diretriz FDA.
 
Suas características distintivas são:
 
•        A essencialidade do design que a torna particularmente adequada para utilização em ambientes onde é necessário um elevado nível sanitário;
•        O torque de funcionamento mínimo durante as fases de abertura e fechamento,
•        A redução drástica do desgaste da vedação (a vedação se infla só quando necessário, ou seja, quando o disco está fechado).
 
A gaxeta de vedação assegura um torque mínimo na fase de descarga e movimentação, sendo relaxada. A sua secção oca permite ser inflada com ar comprimido para garantir uma vedação perfeita, e, sobretudo, reduz drasticamente a dispersão de partículas no processo farmacêutico ou alimentício.
 
Dimensões: DN 100mm, 150mm, 200mm, 250mm, 300mm.
 
Certificações e declarações:

·       Rastreabilidade de todos os componentes EN 10204 3.1
·       Declaração de conformidade à diretriz FDA 21 CFR 177.2600 para itens de borracha destinados ao uso repetido em contato com alimentos aquosos e gordurosos.
·       Declaração de conformidade à diretriz USP class VI, para silicones testados quanto à biocompatibilidade e apropriados para serem usados em aplicações médicas.
·       Declaração de conformidade à diretriz ATEX 94/9/CE para aparelhos e sistemas destinados a serem instalados em atmosferas potencialmente explosivas.
·       Declaração de conformidade às diretrizes 1935/2004/CE, 2023/2006/CE, DM 21/03/1973, 10/2011 para os materiais destinados a entrar em contato com os alimentos.